Início Nutrição - Thays Mortaia Artigos Intolerância à Lactose

Intolerância à Lactose

79
0
Intolerância à lactose
O que causa a intolerância a lactose?

A intolerância à lactose é um problema digestivo comum em que o corpo é incapaz de digerir a lactose, um tipo de açúcar encontrado principalmente no leite e nos laticínios.

Os sintomas de intolerância à lactose geralmente se desenvolvem dentro de poucas horas após o consumo de alimentos ou bebidas que contenham lactose. Eles podem incluir:  dores e cólicas estomacais, inchaço abdominal, flatulência (gases), diarreias e vômitos.

A gravidade dos seus sintomas e quando eles aparecem depende da quantidade de lactose que você consumiu.

Algumas pessoas ainda podem beber um pequeno copo de leite sem desencadear nenhum sintoma, enquanto outras podem até não conseguir tomar leite ou derivados.

Resultado de imagem para intolerancia a lactose

O que causa a intolerância à lactose?

O corpo digere a lactose usando uma substância chamada lactase. Isso divide a lactose em dois açúcares chamados glicose e galactose, que podem ser facilmente absorvidos pela corrente sanguínea.

Pessoas com intolerância à lactose não produzem lactase suficiente, então a lactose permanece no sistema digestivo, onde é fermentada por bactérias. Isto leva à produção de vários gases, que causam os sintomas associados à intolerância à lactose.

Dependendo da razão pela qual o corpo não está produzindo lactase suficiente, a intolerância à lactose pode ser temporária ou permanente. A maioria dos casos que se desenvolvem em adultos é herdada e tende a ser vitalícia, mas os casos em crianças pequenas são frequentemente causados ​​por uma infecção no sistema digestivo e podem durar apenas algumas semanas.

A intolerância à lactose pode se desenvolver em qualquer idade. Muitos casos se desenvolvem em pessoas de 20 a 40 anos, embora bebês e crianças pequenas também possam ser afetados.

Resultado de imagem para intolerancia a lactose

É uma alergia?

A intolerância à lactose não é o mesmo que uma alergia a leite ou laticínios. Alergias alimentares são causadas pelo seu sistema imunológico reagindo a um certo tipo de alimento. Isso causa sintomas como: erupções cutâneas, chiado e coceira.

Se você é alérgico a alguma coisa, até mesmo uma pequena partícula, pode ser suficiente para desencadear uma reação, enquanto a maioria das pessoas com intolerância à lactose ainda pode consumir pequenas quantidades de lactose sem experimentar nenhum problema (embora isso varie de pessoa para pessoa).

Complicações da intolerância à lactose

Leite e outros produtos lácteos contêm cálcio, proteínas e vitaminas, como A, B12 e D. A lactose também ajuda seu corpo a absorver uma série de outros minerais, como magnésio e zinco. Estas vitaminas e mineais são importantes para o desenvolvimento de ossos fortes e saudáveis.

Se você é intolerante à lactose, pode ser difícil obter a quantidade certa de vitaminas e minerais importantes. Isso pode levar a uma perda de peso prejudicial e aumentar o risco de desenvolver as seguintes condições:

  • Osteopenia – onde você tem uma densidade mineral óssea muito baixa. Se a osteopenia não for tratada, pode evoluir para osteoporose.
  • Osteoporose – onde seus ossos se tornam finos e fracos. Se você tem osteoporose, o risco de fraturas e ossos quebrados aumenta.
  • Desnutrição– quando a comida que você come não lhe dá os nutrientes essenciais para um corpo saudável em funcionamento. Se você está desnutrido, as feridas podem levar mais tempo para cicatrizar e você pode começar a se sentir cansado ou deprimido.

Se você está preocupado que as restrições dietéticas estão colocando você em risco de complicações, talvez seja útil consultar um nutricionista. Eles podem aconselhá-lo sobre sua dieta e se você precisa de suplementos alimentares.

Imagem relacionada

Tratamento da intolerância à lactose

Não há cura para a intolerância à lactose, mas, limitar a ingestão de alimentos e bebidas contendo lactose geralmente ajuda a controlar os sintomas.

Dependendo de quais produtos lácteos você pode comer, você também pode precisar de suplementos adicionais de cálcio e vitamina D para manter seus ossos fortes e saudáveis. O acompanhamento nutricional é muito importante para mudanças e adequações na dieta.

Fonte: Mundo-Nipo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here