Início Japão Cotidiano Livraria sem funcionários abre na tradicional Nara

Livraria sem funcionários abre na tradicional Nara

89
0
Os clientes procuram livros em Fusenkazura em Nara. Foto: Yomiuri Shimbun

NARA – Em meio à tremenda popularidade de livrarias e e-books on-line, uma livraria não-tripulada abriu no tradicional bairro de Naramachi em Nara, e atraiu um número crescente de clientes.

A loja está repleta de livros cuidadosamente selecionados por oito proprietários escolhidos do público, e oferece um ambiente acolhedor no qual os clientes podem folhear vagarosamente vários tipos de livros, uma experiência que não pode ser replicada on-line.

A livraria Fusenkazura foi inaugurada em agosto nas instalações renovadas de uma casa tradicional de estilo japonês construída há mais de 100 anos. Doze prateleiras de cerca de 3 metros de altura estão no interior de cerca de 30 metros quadrados.

Os clientes registram-se como membros da loja por meio de um site, e inserem uma senha para entrar na loja. Uma vez lá dentro, eles podem se concentrar na seleção de livros sem ter que se preocupar com o tempo ou com os balconistas.

Dois terços dos livros nas prateleiras, pertencem a oito pessoas com idades entre os 20 e os 50 anos, que foram escolhidas entre 37 candidatos para se tornarem coproprietários do empreendimento.

Há cerca de 2.000 livros, incluindo literatura estrangeira, livros infantis, resenhas de filmes e até mesmo um guia prático para restaurar propriedades culturais, cada uma refletindo o amor dos proprietários pelos livros. Cerca de 1.000 das publicações são ensaios, livros de fotos e outros trabalhos publicados por indivíduos às suas próprias custas.

Koichi Hirata (57) de Gojo, prefeitura de Nara, fundou a livraria não tripulada. Depois de trabalhar como consultor de recursos humanos em Tóquio, ele retornou à sua cidade natal há cinco anos com o objetivo de encontrar um emprego localmente.

Amante de livros, Hirata abriu mercados de pulgas em Nara com livros. Um dia, ele teve a ideia de abrir uma livraria não-tripulada sem custos de mão-de-obra.

Os clientes inserem os preços dos livros em um dispositivo no caixa e podem pagar com cartão de crédito ou outros meios. De acordo com a loja, mais de 500 livros foram vendidos desde a sua abertura, com cerca de 700 pessoas se registrando como membros. 60% das vendas vão para os donos de livros, enquanto o restante vai para Hirata.

Rena Sasaki (19), uma estudante de segundo ano em Nara que visitou a livraria, disse: “É legal, como eu posso dedicar meu tempo escolhendo algo. Eu acho que estou desenvolvendo um amor por livros.

Uma das proprietárias da loja, Natsumi Takagi (31) de Chuo Ward, Osaka, contribuiu com romances e livros infantis que costumava ler com frequência.

“Espero que os livros aqui façam os leitores sentirem como se tivessem outro bom dia amanhã”, disse Takagi.

“Quero que nossos clientes aproveitem a textura e o cheiro dos livros, que não podem ser experimentados on-line”, disse Hirata. “Você vai descobrir algo novo a cada vez que você vem.”

A loja está aberta das 7h às 23h, sem folgas. Para se tornar um membro, visite http://narabook.space/

Fonte: Yomiuri Shimbun

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here