Início Destaques Mundo 12 ativistas universitários desaparecem na China

12 ativistas universitários desaparecem na China

348
0
Ativistas chineses das cidades de Pequim, Xangai, Guangzhou e Wuhan desaparecem. Foto: Portugal Têxtil
Os desaparecimentos podem ter sido uma ação para silenciar os ativistas de direitos trabalhistas.

Em uma ação que é suspeita de ter sido feita para silenciamento, 12 universitários ativistas desapareceram em Pequim, Xangai, Guangzhou e Wuhan, entre eles, cinco eram recém graduados na Universidade Peking. Desde 2012, o governo chinês tenta controlar a sociedade chinesa, especialmente censurando protestos.

Segundo a universidade, Zhang Shengye foi pego por homens e forçado a entrar em um carro dentro do campus. Shengye era um dos membros de um grupo que lutava por direitos dos trabalhadores chamado Grupo de Apoio aos Trabalhadores de Jasic.

“A escola acredita que a maioria dos estudantes é sensível, mas se há pessoas pertos de vocês espalhando rumores ou sentimentos reacionários, independente se é um professor, amigo ou colega, por favor, mantenha posição firme”, disse a escolha por mensagem.

O Grupo de Apoio aos Trabalhadores de Jasic foi criado após uma demissão em massa da empresa de tecnologia de Jasic.

Fonte: UOL

https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/11/doze-universitarios-somem-na-china-em-meio-a-cerco-a-ativistas-de-direitos-trabalhistas.shtml.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here