Início Japão Crime 15 japoneses são presos na Tailândia acusados de golpe

15 japoneses são presos na Tailândia acusados de golpe

521
0
Espera-se que o pessoal da Agência Nacional de Polícia do Japão vá a Bangcoc no final deste mês para prosseguir com as investigações. Foto: thoughtco

Um grupo de 15 supostos golpistas japoneses foram presos na semana passada na Tailândia, eles tinham adquirido mais de ¥ 225 milhões (US $ 2 milhões) em rendimentos ilegais em fevereiro e março.

Os registros apreendidos em uma operação policial de 30 de março em uma casa alugada na cidade resort de Pattaya mostram que os suspeitos enganaram as vítimas no Japão de cerca de 136,86 milhões de ienes entre 1º e 24 de fevereiro, e outros 89 milhões durante março.

Os registros mostram que o valor mais alto do que foi descrito como “vendas” em qualquer dia em fevereiro foi de 14,04 milhões de ienes e o menor foi de 2,74 milhões de ienes.

Policiais tailandeses e japoneses continuam a examinar os registros em uma tentativa de compreender a extensão das atividades fraudulentas e esclarecer detalhes sobre a gangue, cujos membros foram acusados ​​de trabalhar ilegalmente no reino.

Em uma coletiva de imprensa em Bangcoc, a polícia também divulgou um “manual de fraude” apreendido durante a operação, no qual também apreenderam 52 telefones com protocolo de internet, 19 notebooks, roteadores e outros equipamentos, além de uma lista de vítimas e contas bancárias.

Nas folhas A4 impressas está claramente declarado que em um golpe, as vítimas deveriam ser informadas de que “(como) as cobranças pelo site pago não são pagas, o julgamento civil está progredindo”.

Mais cedo, a polícia havia dito que os golpistas tinham como alvo pessoas no Japão que estavam aposentadas e moravam sozinhas, alegando falsamente que o uso do telefone ultrapassava um limite e que precisariam pagar uma taxa adicional para continuar usando seus telefones.

Depois de serem presos, os 15 suspeitos, todos homens com idade entre 22 e 54 anos, foram transferidos para um centro de controle da Agência de Imigração em Bangkok. Eles foram interrogados na terça-feira.

Na coletiva de imprensa, todos estavam vestidos com camisetas cor de laranja e ficaram em silêncio, usando máscaras e de costas para a imprensa para evitar as câmeras.

Além dos detidos, a polícia suspeita que mais quatro japoneses e tailandeses estavam envolvidos em esquemas fraudulentos.

Espera-se que o pessoal da Agência Nacional de Polícia do Japão vá a Bangcoc no final deste mês para prosseguir com as investigações.

De acordo com a polícia, é a primeira vez que um golpe que vitima as pessoas no Japão foi descoberto na Tailândia. Acredita-se que a gangue tenha usado o país como base porque os cidadãos japoneses podem entrar sem visto e possuem acesso fácil à Internet de alta velocidade.

Fonte: KYODO

https://www.japantimes.co.jp/news/2019/04/03/national/crime-legal/15-japanese-arrested-thailand-raid-accused-scamming-%C2%A5225-million/#.XKTH4JhKjIU.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here