Avião da Ethiopian Airlines com 157 pessoas a bordo caiu na manhã de domingo (10) durante um voo entre as cidades de Addis Abada, na Etiópia, e Nairóbi, no Quênia.

A primeira notícia sobre o acidente foi dada pelo primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed, que expressou “profundas condolências” no Twitter.

Ainda não está claro o que causou o acidente, mas sabe-se que o piloto relatou dificuldades técnicas após decolar.

Segundo o CEO da cia aérea, Tewolde Gebremariam, haviam 32 quenianos, 18 canadenses, oito italianos, oito chineses, sete britânicos e sete franceses no voo. Também estavam na aeronave cidadãos do Egito, da Holanda, da Índia, da Eslováquia, da Áustria, da Suíça, da Rússia, do Marrocos, da Espanha, da Polônia e de Israel, entre outros.

Outro avião do mesmo modelo esteve envolvido em um acidente 5 meses atrás, quando um avião da Lion Air caiu no mar próximo à Indonésia com quase 190 pessoas a bordo.

Fonte: BBC News

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-47514443.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.