Início Mundo Crime 53 ex-agentes são condenados pelo assassinato de membros de PC em 1976

53 ex-agentes são condenados pelo assassinato de membros de PC em 1976

409
0
Miguel Krassnoff Martchenko tem a condenação de 700 anos por crimes na era Pinochet. Foto: 24Horas
Um dos condenados, tem pena de 700 anos de prisão.

Na segunda-feira (3), a justiça chilena condenou 53 ex-oficiais da Direção de Inteligência Nacional (1973), que tem ligação com o assassinato de nove membros do Partido Comunista (PC).

As penas de 20 a 30 anos de prisão foram dadas pelo juiz responsável pelos casos de violação de direitos humanos, Miguel Vázquez Plaza.

Após investigação, foi concluído que os crimes de motivação política foram feitos com uma bolsa plástica para asfixia e depois, os corpos eram jogados no mar.

Miguel Krassnoff Martchenko, agora tem a pena de 700 anos de prisão por crimes de violação dos direitos humanos que cometeu na ditadura de Pinochet.

Durante a ditadura, 3.200 chilenos foram mortos.

Fonte: UOL

https://operamundi.uol.com.br/direitos-humanos/54173/chile-justica-condena-53-ex-agentes-pelo-assassinato-de-membros-do-partido-comunista-em-1976.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here