Ex prédio da kyoani

A pergunta agora se torna: o que fazer com o lote vago na Ala Fushimi de Kyoto? 

 A primavera é conhecida por novos recomeços no Japão, pois é um momento que, não apenas as flores florescem e a neve derrete, como também é o início do ano escolar. 

Nessa semana, no entanto, também foi um momento de despedidas. Após 5 meses depois que toda a poeira baixou, o estúdio da produtora de animes, Kyoto Animation, atingido por um incêndio devastador, foi completamente demolido, deixando apenas saudade. 

As equipes de trabalho começaram a derrubar o prédio em novembro, cerca de quatro meses após um devastador ataque criminoso ao prédio, localizado na ala Fushimi de Kyoto.  

O ataque resultou em 36 mortes e 33 funcionários feridos, que estavam no prédio na época, com apenas um escapando ileso do incêndio. Entre os extensos danos à estrutura e, sem dúvida, as memórias traumáticas agora associadas a ela, a Kyoto Animation decidiu não reconstruir, e a partir de 28 de abril o local de tantas lembranças extremas, era um local cheio de areia, vazio com uma cerca protetora que o envolvia completamente. 

A questão agora é o que acontecerá com o local.  

Alguns, incluindo a mãe de uma das vítimas falecidas, esperam a construção de um memorial para aqueles que perderam a vida lá. No entanto, o estúdio estava localizado em uma parte predominantemente residencial da cidade, e a associação local do bairro, depois de votar, anunciou que a maioria de seus membros se opõe à ideia, citando preocupações sobre um afluxo de luto a longo prazo e entusiastas de animes que vêm prestar homenagem, sem respeitar o modo de vida dos moradores. 

Ficamos apenas com a saudade, as lembranças boas (e infelizmente também ruins), do local que nos trouxe tanta alegria na vida.  

Adeus. 

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.