No Japão o autor Taro Gomi, publicou seu livro infantil que nos lembra de forma sucinta que todo mundo faz cocô em “Everyone poops”. Mas você sabia que todo mundo também solta pum?




Dito isto, ninguém quer que outras pessoas saibam que você acabou de soltar aquela flatulência. 

Valor cômicos à parte, os aspectos tanto auditivos quanto olfativos do pum, são geralmente considerados ofensivos. Mas levando-se ao fato de que todo mundo tem esse problema, como fazer para resolver ou reverter essa situação?

Esta questão foi respondida por três estudantes japoneses, que uniram suas paixões cientificas para criar roupas íntimas que anulam tanto o som, quanto o cheio dos puns: “Queremos criar roupas intimas para libertar as pessoas do estresse de ter que segurar o pum, porque sempre há uma pessoa por perto”, disse um dos estudantes. 

A equipe primeiro se atentou para o som e dividiu os seus esforços em duas categorias: O isolamento acústico e absorção sonora, realizando experimentos com latas que anulam o som emitido dentro do recipiente quando as ondas sonoras colidem. 

Depois passaram para o odor, que a equipe decidiu utilizar carvão ativado poroso, cuja as propriedades permitem absorção química.  

Eis o protótipo:

A boa notícia é que o experimento foi um completo sucesso. O design realmente elimina completamente o odor do pum, seja lá qual for a intensidade, porém só exclui parcialmente o efeito sonoro causado. 

Os estudantes confirmaram que vão continuar incrementando o protótipo para que seja confortável e funcional. 

 

Vai saber se isso não vira moda, né?! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.