Início Destaques Japão As Ilhas Kurilas é uma obsessão dos japoneses, Rússia ignora

As Ilhas Kurilas é uma obsessão dos japoneses, Rússia ignora

685
0
Um grande avanço nas ilhas disputadas parece improvável durante a cúpula, com a Rússia mostrando sinais de que a proposta do Japão para as duas menores ilhas será abandonada. Foto: Aljazeera

O Japão e a Rússia concordaram em iniciar novas conversas em nível operacional sobre a atividade econômica conjunta nas quatro ilhas disputadas em Hokkaido, disseram autoridades do Ministério das Relações Exteriores.

A força-tarefa de nível diretor será lançada separadamente de um diálogo existente em nível de trabalho envolvendo níveis mais altos para intensificar a coordenação sobre a disputa territorial antes de uma reunião entre o primeiro-ministro Shinzo Abe e o presidente Vladimir Putin. A reunião está prevista para o Japão em junho, à margem da cúpula do G-20.

Um grande avanço nas ilhas disputadas parece improvável durante a cúpula, com a Rússia mostrando sinais de que a proposta do Japão para as duas menores ilhas será abandonada.

O Japão espera que a implementação de atividades econômicas nas ilhas controladas pela Rússia leve a uma eventual solução da disputa que impediu que Tóquio e Moscou assinassem um tratado de paz no pós-guerra.

O vice-ministro das Relações Exteriores, Takeo Mori, disse aos repórteres na segunda-feira (22) que tinha discussões “profundas” com o vice-ministro das Relações Exteriores Igor Morgulov sobre o estabelecimento de uma estrutura para permitir que as pessoas viajassem para as ilhas sem prejudicar as posições de seus países.

Mori disse que as discussões incluíram viagens sem visto entre Hokkaido e Sakhalin, no Extremo Oriente da Rússia, que cobre as ilhas disputadas.

As ilhas, chamadas Territórios do Norte no Japão e as Kurilas do Sul na Rússia, foram apreendidas pela União Soviética após a rendição do Japão em 1945. Tóquio afirma que a apreensão era ilegal enquanto Moscou afirmava que era um resultado legítimo da guerra.

Morgulov também conversou com Kenji Kanasugi, chefe do Departamento de Assuntos Asiáticos e da Oceania do Ministério das Relações Exteriores, no qual eles concordaram em trabalhar para a desnuclearização da Península Coreana, segundo autoridades japonesas.

Putin está programado para realizar sua primeira cúpula com o líder norte-coreano Kim Jong Un no final desta semana, depois que as negociações entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump e Kim, se desfizeram em fevereiro.

Fonte: KYODO

https://www.japantimes.co.jp/news/2019/04/22/national/politics-diplomacy/japan-russia-step-talks-economic-activity-disputed-isles/#.XL3TeOhKjIU.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here