Os cidadãos japoneses estão chocados com um recente assasinato violento envolvendo a Yakuza. 

Um membro sênior do sindicato criminoso da Yakuza foi baleado com um rifle de assalto, em um movimentado distrito comercial. 

No Japão, o porte de arma é estritamente controlado. 

A troca de tiros ocorreu por volta das 17h desta última quarta-feira, na cidade de Amagasaki. Na investigação, cerca de uma dúzia de cápsulas foram encontradas espalhadas no chão do local. 

Segundo especialistas, o rifle automático utilizado para o crime, é uma provável modificação do M16, normalmente usados pelas forças armadas dos EUA. 

Os moradores que estava próximo ao ocorrido disseram estar preocupadas. Um dos moradores disse: “Estou aterrorizado. Há muitas pessoas nas ruas às cinco horas da manhã”. 

Uma outra moradora, que não quis se identificar disse: “E se eu estivesse na rua? Eu poderia até ter sido atingida por uma bala perdida”.  

Um dos suspeitos do crime foi detido em Kyoto, uma hora após o ocorrido. O homem foi cercado por viaturas da polícia. Ao se render, o homem jogou a sua arma no chão, que segundo as autoridades parecia-se com uma espingarda. 
Os policias afirmam que este homem talvez seja um dos associados do sindicato do crime Yamaguchi-gumi. 

A vítima cujo morreu no local, era um membro sênior de uma gangue ligada ao Kobe Yamaguchi-gume. A organização é um sindicato criminoso que se separou dos Yamaguchi-gumi e tem lutado entre si, pelo menos nos últimos seis meses. 

A polícia disse que estará em alerta caso a briga entre os dois grupos aumente. Eles ainda disseram que estão tentando descobrir se o tiroteio tem ou não, a ver com a disputa entre as facções criminosas. 

Leia também: Neurocientistas descobrem o porquê a comida é melhor quando se tem fome

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here