Nesta última quarta-feira (30), foi descoberto um corpo próximo ao Monte Fuji, que pode ser de homem que escorregou do cume nevado enquanto transmitia ao vivo sua escalada. 

Os socorristas, que acharam o corpo que estava em torno da sétima estação da trilha Subarashi no Monte Fuji, a uma altitude de cerca de 2700 metros, disseram que não conseguiram identificar o gênero, mas acredita-se ser do mesmo homem.  

A polícia informou que uma investigação está sendo realizada para identificar se o corpo realmente pertence ao homem. 




 

Segundo a Delegacia de Gotenba, na província de Shizuoka, as pessoas que assistiram à transmissão ao vivo, ligaram para a polícia por volta das 15h35 da segunda-feira, para avisar sobre o ocorrido. 

As autoridades enviaram reforços que contavam com helicópteros e cerca e 10 equipes de resgate, mas não obtiveram sucesso. As buscas foram retomadas na quarta-feira.  

Após o retorno da equipe de buscas, um helicóptero finalmente confirmou a descoberta de um corpo que possui traços do mesmo homem desaparecido, que estava a aproximadamente 3.776 metros da sétima estação.  

Até o momento a identidade do homem desaparecido, assim como seu nome e endereço é desconhecida. A polícia disse estar investigando os detalhes da conta em que o homem compartilhava o vídeo. 

Na transmissão ao vivo mostrava uma pessoa escalando o topo do Monte Fuji, dizendo que suas mãos estavam dormentes por conta do frio e que ele desejava ter trazido pacotes de aquecimento descartáveis. Ele também dizia que a trilha perto do topo da montanha era escorregadia e possuía muita neve.

De repente ele começou a deslizar para baixo, a uma inclinação de aproximadamente 30 graus, até que a imagem do vídeo desapareceu.  

A escalada até o cume da montanha mais alta do Japão só é permitida apenas entre o início de julho e setembro. Durante outros períodos, as trilhas e cabanas são fechadas e a subida proibida por conta dos perigos.  

Leia também:   Homem transmite ao vivo queda no Monte Fuji enquanto escalava

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here