A violenta reação dos cidadãos da Coréia do Sul para os produtos japoneses abalou alguns nichos de mercado, como venda de cerveja e pacotes turísticos. Analistas afirmam que o boicote pode se espalhar para carros de luxo e empresas automobilísticas, visto que a guerra comercial entre os dois, não mostra sinais de quando deve cessar. 

As vendas de cerveja japonesa na rede de conveniência CU, na Coréia do Sul, teve um déficit de 40% neste mês, se comparado com o mês de junho, segundo o jornal JoongAngIlbo, citando fontes da indústria que não quiseram se identificar. 




 

Se o relato se confirmar, o Asahi Group Holdings, que possui a cerveja mais popular da Coréia do Sul, pode perder em torno de 50 milhões em lucros neste ano.  

Um analista da SK securitiesKwon Soon-Woo, disse que os carros de luxo japoneses também poderão ser atingidos. A Toyota e a Honda possuem uma participação de 19% no mercado de carros na Coréia do Sul, de acordo com os dados informados pelas importadoras de automóveis da Coréia. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.