O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira após desembarcar na cidade de Osaka para a reunião do G20, que o Brasil não aceitará mais ser criticado. Em resposta a chanceler Angela Merkel, Bolsonaro também disse que o Brasil tem exemplo a dar para Alemanha.




 

Ao ser questionado a respeito da resposta dada a Angela Merkel e ao convite dela para discutir sobre o desmatamento no Brasil, o presidente comentou:

“A indústria deles continua sendo fóssil, de plástico, carvão, e a nossa não. Eles têm muito a aprender conosco”, afirmou Bolsonaro.

“O presidente do Brasil que está aqui não é como alguns anteriores, (que) vieram aqui para ser advertidos por outros países. A situação aqui é de respeito para com o Brasil. Não aceitaremos tratamento como no passado”

Bolsonaro se reunirá com diversos líderes de diversos países, inclusive o presidente chinês Xi Jinping do qual desferiu duras críticas na época de sua campanha eleitoral, mas que após assumir a presidência em janeiro mudou seu tom com relação ao país do oriente.

Fonte: Reuters

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.