De acordo com oficiais do Ministério da Defesa japonês, foi informado nesta última quinta-feira (7), que, um avião de caça modelo F-16, dos Estados Unidos, lançou uma bomba fictícia de cerca de 230 kg em uma propriedade privada que ficava localizada perto de um local de treinamento de bombardeios na província de Aomori, localizado ao nordeste do Japão. 

Ainda de acordo com as autoridades, o incidente ocorreu durante uma missão de treinamento por volta das 18h30 da quinta-feira, felizmente ninguém ficou ferido e danos não foram causados a propriedade. 




 

Militares dos Estados Unidos informaram sobre o incidente ao ministério do Japão ainda na quinta-feira, e afirmaram que um incidente como o deste tipo é muito grave e que missões de treinamento semelhantes com bombas fictícias serão suspensas por enquanto, de acordo com as autoridades. 

Após o relatório, o ministério enviou funcionários para o local, onde também forneceram informações às autoridades locais. Também foi solicitado que os militares americanos identificassem o que causou o incidente e se certificar que incidentes como estes fossem evitados com controles de segurança. 

Segundo oficiais de defesa japoneses, a bomba fictícia estava preenchida com concreto ao invés de pólvora, no incidente, ela aterrissou a cerca de 5 km de distância do local de treinamento, que fica localizado na cidade de Misawa e na vila de Rokkasho. 

Leia também:   Apreensão recorde: 400 kg de cocaína são apreendidos no porto de Kobe

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here