Dois candidatos portadores de necessidades especiais receberam a oportunidade de representar seu partido na eleição da câmara alta do Japão, neste domingo. 

Em dos candidatos é Yasushiko Funago, que é vice-presidente de uma empresa que presta assistência para idosos e pacientes diagnosticados com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). O outro é o candidato Eiko Kimura, que tem paralisia cerebral.
Taro Yamamoto, chefe da Reiwa Shinsengumi, informou para uma emissora comercial que fornecerá especialistas para acompanhar e cuidar dos novos candidatos, mas que a responsabilidade primária de providenciar conforto e acomodações razoáveis, é do parlamento. 




Especialistas em questões de deficiência disseram que antes das eleições de domingo, candidaturas de portadores de necessidades especiais eram raramente bem-vindas. 

Durante a campanha eleitoral, Funago e Kimura afirmaram que irão buscar reformas educacionais para dar mais acesso para pessoas portadoras de deficiência.   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.