Início Japão Cotidiano Carona nas áreas rurais, solução para melhoria de transporte

Carona nas áreas rurais, solução para melhoria de transporte

277
0
O envolvimento das operadoras de táxi beneficiará tanto os municípios quanto os usuários dos serviços. Foto: Youtube

O primeiro-ministro Shinzo Abe diz que o governo planeja promover serviços de carona que atualmente são proibidos na maioria das áreas para ajudar a melhorar a disponibilidade de transporte nas áreas rurais.

“É necessário rever o sistema atual do ponto de vista dos usuários (de serviços de transporte)”, disse Abe em uma reunião para discutir estratégias de crescimento e medidas de reforma estrutural.

As revisões legais exigidas para a desregulamentação também permitiriam que os taxistas, que se opunham ao compartilhamento de veículos, se envolvessem na administração de tais operações, disseram autoridades do governo.

Os serviços de carona que combinam motoristas de veículos particulares com pessoas que buscam transporte são proibidos no Japão, exceto em áreas onde não há transporte público disponível. Onde tais serviços estiverem disponíveis, eles só podem ser usados ​​por residentes locais e são normalmente gerenciados por governos locais e organizações sem fins lucrativos.

“O envolvimento das operadoras de táxi beneficiará tanto os municípios quanto os usuários dos serviços”, uma vez que diminuirá o ônus dos governos locais em executar as operações de compartilhamento de carros, ao mesmo tempo em que aumenta a conveniência dos usuários em áreas onde não há motoristas suficientes.

Os detalhes serão finalizados até o verão, e um projeto de lei para revisar a lei relacionada aos transportes será submetido à Diet no ano que vem, disseram os funcionários.

Uma vez que a proibição seja suspensa, os turistas também poderão usar esses serviços, acrescentaram.

Fonte: KYODO

https://www.japantimes.co.jp/news/2019/03/08/business/japan-pull-u-turn-ride-sharing-ban-bid-fill-transport-gaps-rural-areas-abe-says/#.XIKCvihKjIU.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here