O Portal Mundo-Nipo tem o foco nas notícias do Japão. São notícias de interesse do nosso público que busca alguma oportunidade no Japão, entregamos matérias também ao público simpatizante da cultura nipônica.

A matéria de capa de hoje é relacionada ao Brasil. Do dia 15 ao dia 16 de março o Brasil registrou 2.798 mortos por Covid-19. Este é um número recorde desde o início da pandemia no Brasil.
O estado de São Paulo apresentou também um número recorde no mesmo período, mais de 600 mortos.

No mesmo dia deste anúncio, o Governo Federal anunciou a troca do ministro da Saúde, General Eduardo Pazuello pelo médico cardiologista do Hospital Sírio Libanês, Dr. Marcelo Queiroga. O Dr. Marcelo Queiroga é contra a utilização de hidroxicloroquina, defende o uso de máscara e tem como discurso tudo o que o nosso Presidente da República negou, será que enfim o nosso gestor retomou a sobriedade?

O desgoverno do presidente Jair Bolsonaro impacta nos resultados ao combate à Covid-19. O preciosismo da entidade ANVISA que faz questão de realizar diversas fases de testes para confirmar a eficácia das vacinas já em uso em países desenvolvidos como os EUA, Alemanha, França, Reino Unido entre outros. Em uma situação em que o Brasil registrava mais de 500 mortos diários, havia necessidade de perder o precioso tempo para aprovar e comprar o maior número de vacinas existentes no mercado?
O impacto do desgoverno não se resume apenas na área da saúde pública, a economia brasileira está se deteriorando, mesmo assim é acompanhado silenciosamente com o dólar a beirar os R$6,00. O desemprego bate a marca de 14%, e o governo pensa em oferecer uma Bolsa Família no valor de R$250,00, quando 1 kg de alcatra custa R$45,00. Enquanto isso, réu do passado são absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça e torna-o novamente elegível, um nome forte para a sucessão presidencial de 2022.

Nas eleições de 2022 seremos obrigados a escolher entre o ruim e o pior para gerir o nosso país.

O Japão busca controlar a Covid-19 ao se isolar do mundo, as Olimpíadas de Tóquio serão realizadas sem a presença de turistas estrangeiros.

As pessoas que aguardam ansiosamente a abertura das portas do Consulado do Japão para realizar o pedido de visto japonês precisarão aguardar um pouco mais. Não há muito o que se esperar em relação a isto no momento em que o Brasil é considerado o epicentro da pandemia de coronavírus no mundo, o Japão não irá nos privilegiar e nos receber de braços abertos.

Portal Mundo-Nipo
Brasil – São Paulo
Erick Martins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here