Nesta última segunda-feira, em São Paulo, foi realizada uma cerimônia que marca o aniversário de 60 anos do início da assistência oficial do Japão ao Brasil.

Mais de 440 bilhões foram doados ao Brasil, para contribuir com agricultura, fabricações e preservação da Floresta amazônica, já que o país sul-americano possui cerca de 2 milhões de ascendentes japoneses, sendo a maior população nipônica do mundo, fora do Japão.

“Recentemente, ajudamos a melhorar a situação da segurança local, lançando um projeto para construir caixas policiais em todos os estados, principalmente em São Paulo”, disse o presidente da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), Shinichi Kitaoka.

Kitaoka também demonstrou seus planos da JICA, para enviar reforços para nutrir os laços que conecta a relação entre os dois países.

“As indústrias brasileiras, incluindo aço, papel e celulose, não poderiam ter alcançado o desenvolvimento de hoje, sem a ajuda do Japão”, disse o legislador, Vitor Lippi.

Lippi demonstrou suas sinceras gratidões ao Japão, ressaltando o impacto positivo que a assistência japonesa deu na economia agrícola do Brasil.

Em 1979 o Japão deu início a um projeto de desenvolvimento agrícola no cerrado brasileiro, que até então não possuía condições para isso, e tornou a região em uma área de agricultura, que atualmente produz cerca de 20% da colheita mundial de grãos.

Leia também:    Pesquisa revela o alto número de jovens com miopia no Japão 

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here