Início Destaques Mundo Chile afirma que migração não é um direito humano

Chile afirma que migração não é um direito humano

322
0
O presidente do Chile,, Sebastián Piñera , nega-se a assinar o pacto Mundial da ONU. Foto: Portal Vermelho
Segundo o subsecretário do Interior, o Chile acredita no direito do migrante, mas que não é um direito humano.

No domingo (09), o presidente chileno, Sebastián Piñera anunciou, após uma dura declaração, que não assinará o pacto Mundial pela Migração da ONU. “Nossa posição é clara. Nós dizemos que a migração não é um direito humano. Quem tem direito são os países, a fim de definir as condições de ingresso dos cidadãos estrangeiros”, disse Rodrigo Ubilla, subsecretário do Interior chileno.

“Se fosse um direito humano, então estamos em um mundo sem fronteiras. Acreditamos firmemente nos direitos humanos dos migrantes, mas não que migrar seja um direito humano”, completou.

O documento seria assinado durante uma cerimônia em Marrocos que acontece dia 10 e 11, com motivação de enfrentar os desafios da migração, cuidar dos riscos e benefícios do migrante. 180 países confirmaram a assinatura.

O Chile faz parte do grupo de países que se negaram a assinar o documento, entre eles EUA, Áustria, Hungria, Estônia, Bulgária, República Tcheca, Israel, Austrália e República Dominicana.

Fonte: UOL

https://operamundi.uol.com.br/direitos-humanos/54216/chile-diz-que-migracao-nao-e-direito-humano-e-se-recusa-a-assinar-pacto-da-onu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here