A filial da Coca-Cola no Japão, disse nesta última sexta-feira que pretende elevar a quantidade de material reciclado das garrafas PET para 90% até 2030, valor do qual é muito acima da meta global estabelecida.




 

Essa medida se dá ao fato de suas concorrentes também estarem atrás de medidas similares para amenizar os danos ao meio ambiente. Em 2018, a porcentagem de material reciclado era de apenas 17%, a empresa agora quer elevar essa porcentagem para 50% ou mais até 2020, e depois para 90% até 2030.

Em 2030 a empresa também espera introduzir um novo tipo de embalagem feito completamente de material reciclado ou feito através de plantas, o que significa uma produção de embalagens sem o uso de combustível fóssil na produção de novas embalagens.

Dentre as suas rivais, a Suntory Holdings Ltd. espera trocar todas as embalagens em escala mundial por materiais reciclados ou feitos através de plantas, medida que também é esperada para até 2030. Já a empresa Kirin Beverage Co., já comercializa um tipo de chá verde do qual a embalagem é feita inteiramente de material reciclado.

Além das empresas o governo também espera reduzir o desperdício de plástico descartável em até 25% até 2030.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.