A comunidade LGBT do Japão espera que a próxima eleição da alta câmara ajude a promover uma discussão nacional sobre seus direitos, a fim de levar reconhecimento legal.

Alguns progressos foram feitos em nível local com alguns municípios, começando por duas áreas de Tokyo em 2015, que emite “certificados de parceira” para casais LGBT+.




 

Em julho, a cidade de Ibaraki tornou-se a primeira das 47 cidades do Japão a emitir um certificado de parceria para pessoas LGBT+, aumentando a esperança de que outras também sigam seu exemplo.

Wataraku Ishizaka, de 42 anos e abertamente homossexual, membro da Assembléia Nakano Ward, em Tokyo, disse que o pensamento dos seus colegas heterossexuais se tornou menos rígidos, quando eles começaram a interagir mais com a comunidade LGBT+.

“Ter pessoas mais diversificadas e mais discussões é bom para o governo nacional.”, afirmou Ishizaka. “Estamos fazendo muito para a sociedade local, para que o governo nacional possa estar apto para fazer algo também”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here