132 visualizações 3 min 0 Comentário

Conferência Internacional em Burgenstock, Roteiro para a Paz na Ucrânia

- 21 de junho de 2024

Compromissos do Japão e Propostas de Paz Cúpula Internacional sobre Remoção de Minas.

ZURIQUE – Representantes de mais de 90 países e diversas organizações internacionais se reuniram no sábado em Burgenstock, Suíça, para o primeiro dia de uma conferência internacional dedicada a elaborar um roteiro concreto e unido para a paz na Ucrânia. A conferência, que ocorre um dia após o Grupo dos Sete reafirmar seu compromisso com a Ucrânia, visa lançar as bases para um processo de paz sustentável.

Ausências Notáveis

A ausência da Rússia, que não foi convidada, e de seu principal aliado, a China, levantou dúvidas sobre o impacto da cúpula, especialmente com o conflito em Gaza desviando a atenção global.

Compromissos e Propostas

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, destacou a importância da paz na Ucrânia e anunciou que o Japão sediará uma cúpula internacional sobre remoção de minas na Ucrânia no próximo ano. A conferência suíça busca manter a atenção global na invasão russa e criar impulso para a cessação das hostilidades, abordando temas como segurança nuclear, segurança alimentar e a dimensão humana do conflito.

Apoio Internacional

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, participou da conferência após as conversações do G7 na Itália, buscando apoio para sua fórmula de paz. Em seu discurso, Zelenskyy apelou por uma frente global unida pela paz, criticando o presidente russo, Vladimir Putin, por não adotar uma linguagem de paz justa.

Propostas de Putin

Horas antes da conferência, Putin apresentou uma proposta exigindo a retirada das tropas ucranianas das regiões orientais ocupadas, o que foi rejeitado pela Ucrânia como “manipulativa”. A vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, criticou a oferta de Putin como uma capitulação e anunciou um adicional de 1,5 bilhões de dólares em ajuda humanitária e de reconstrução dos EUA à Ucrânia.

Compromisso dos EUA e Japão

Harris reafirmou o compromisso estratégico dos EUA com Kiev, destacando a unidade global em apoio às normas internacionais. Na semana passada, tanto os EUA quanto o Japão assinaram acordos de segurança separados com a Ucrânia, comprometendo-se a apoiar Kiev a longo prazo.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.