natto é um alimento probiótico considerado um superalimento. A soja cozida passa por uma fermentação, que ajuda a fortalecer a saúde e ainda gera vários benefícios. 




Fermentado pela bactéria Bacillus subtilis encontrado na superfície da palha de arroz, a soja é um alimento probiótico que lembra bastante os leites fermentados que costumamos conhecer. 

Ele começou a ser comercializado no período Edo e passou a ser refeição principal no café da manhã japonês. 

No século 17, o natto era esmagado e adicionado ao missoshiru.  

Atualmente é muito mais comum come-lo cru, servido com arroz e outras preparações, servidos com shoyo, mostrara karashi ou ponzu.  

Outra forma deliciosa de consumi-lo é com ovo cru ou sushi. 

As suas propriedades nutricionais são ricas em fibras, manganês, ferro, vitamina K, magnésio, cálcio, fósforo, vitamina C, potássio, zinco, selênio, vitamina B6 e ácido fólico.  

Por conta da ausência de geladeira em eras antigas, o natto era fundamental para a sobrevivência do povo, por ser proteica e nutritiva. 

Além é claro, de possuir nutrientes que auxiliam na absorção e é de fácil digestão. Ajudando a eliminar flatulências e constipação, melhorando a flora intestinal.  

As isoflavonas, componentes da soja, combatem ao câncer de fígado, próstata e mama. Já a enzina Nattokinase é um anti-inflamatório e melhora o fluxo sanguíneo, auxiliando em problemas cardiovasculares. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.