Um grupo de pagode japonês, está dando o que falar na internet.

A banda formada por 7 integrantes que se conheceram na faculdade, escolheu o nome Y-no, através do nome do bairro onde eles moravam em Tokyo.
Os vídeos dos seu show já foram assistidos por mais de 200mil pessoas onde eles tocam o pagode brasileiro (ou pelo menos é bem parecido).




 

Na banda, apenas dois dos sete membros, falam português. O vocalista não fala nada e ao perguntar como ele faz para cantar em um idioma que ele nao conhecem ele diz que se esforça para aprender o necessário.

Um dos integrantes que fala um pouco de português conta que já estudou a disciplina na faculdade, mas tem pouca prática.

“Eu sou galinha”

As letras compostas pelo grupo musical nem sempre fazem total sentido e às vezes até escorrega na gramática.
Em um dos trechos da música ele fala “eu sou galinha”, mas um dos músicos diz que a expressão era para significar “Menino tímido”.
Mas a gente sabe que aqui no Brasil é ao contrário.

Eles também confessaram que fazem primeiro a letra em japonês e depois traduzem. Por isso a letra fica assim.

Os músicos são tão ligados ao Brasil e nossa cultura que, mesmo sem ter domínio na língua, são capazes de cantar vários sambas legitimamente brasileiros.

FONTE: g1.globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.