“Você se lembrou de reservar a sua paz de espírito?”

diz o panfleto de uma das campanhas lançadas pelos governos municipais para que os estrangeiros comprem seguro de viagem após aumento em contas de hospital não pagas. Em um deles, foram acumulados mais de 10 milhões de despesas não pagas.




 

Foi apontado de quase 30% dos turistas não tem seguro de viagem, assim, afetando o sistema de saúde no Japão. Um quinto de todos os hospitais no Japão tiveram contas não pagas, de acordo com o Ministério da Saúde, Trabalho e Assistência Social.  

Uma pesquisa da JTO realizada em 2018 apontou que 27% dos viajantes chegam sem seguro, de acordo com a pesquisa, por achar desnecessário, 48% compram  apólices de agência ou seguradoras, e 23% se inscreveram em seguros via cartão de crédito. Apenas 5% adoeceu ou se feriu no Japão.

“Ouvimos as preocupações de instituições médicas sobre possivelmente grandes quantidades de contas médicas não pagas. Vamos continuar nossos esforços para aumentar o número de pessoas que compram apólices de seguro depois que chegam a Okinawa.”, declarou um funcionário da Prefeitura de Okinawa. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.