Foi decidido pelo tribunal da Coreia do Sul que a japonesa Nippon Steel & Sumitomo Metal Corp. precisa indenizar quatro sul-coreanos por trabalhar de maneira forçada na Segunda Guerra Mundial.

O valor a ser pago é de 87.700 dólares para cada um operário da siderúrgica, que deram início a busca pela indenização e salários não pagos em 2005.

Apenas um dos quatro está vivo, Lee Choon-Shik, 94 anos.

O primeiro-ministro, Shinzo Abe, disse “a questão foi completa e finalmente decidida pelo tratado de 1965 este veredicto é uma decisão impossível à luz da lei internacional”.

Fonte: Alternativa Online

http://www.alternativa.co.jp/Noticia/View/78357/Coreia-do-Sul-revolta-Japao-ao-determinar-indenizacao-a-operarios-da-2-Guerra-por-trabalho-forcado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.