Início Destaques Japão Costa do Japão inundada com navios da Coreia do Norte

Costa do Japão inundada com navios da Coreia do Norte

1124
0
Os navios pesqueiros norte coreanos avançam no território japonês para o exercício da pesca extrativa ilegal. Foto: Yomiuri Shimbun

Um total de 89 barcos de pesca de madeira, que se acredita estarem registrados na Coréia do Norte, foram encontrados neste ano em águas do Mar do Japão ou encalhados ao longo da costa, já próximo do total do ano passado. Casos foram confirmados, o Yomiuri Shimbun apurou.

Descobriu-se que, como no ano passado, que os navios norte-coreanos estão conduzindo a pesca ilegal na zona econômica exclusiva do Japão, aparentemente como um meio de obter moeda estrangeira por meio do contrabando.

A Guarda Costeira do Japão, suspeita que muitos dos barcos encontrados à deriva, estavam envolvidos na pesca ilegal. As autoridades estão em maior alerta contra esses navios, uma vez que a maioria dos casos foi encontrada fora de Hokkaido ou ao longo de sua costa desde o início do outono. De acordo com o JCG, o número de navios que se acredita estarem na Coréia do Norte e estarem à deriva ou encalharem na sexta-feira é de 89, superando o número do ano passado de 59 no final de novembro. Um total de 12 corpos foram descobertos em cinco dos 89 navios.

O número de tais navios, geralmente aumenta quando os ventos do oeste sopram mais fortemente no Mar do Japão no outono e inverno. Este ano, 35 barcos foram encontrados em janeiro e fevereiro, com o número abaixo de 10 por mês desde março. No entanto, subiu para 27 no período de1 a 9 de novembro.

Este ano viu um número crescente de navios encontrados em Hokkaido desde o início do outono. Dos 40 casos deste tipo desde setembro, os de Hokkaido respondem por 33, ou mais de 80%. Houve apenas seis casos no ano passado.

Em 1º de novembro, uma embarcação de madeira foi encontrada encalhada na costa oeste da ilha de Rishirito, em Hokkaido. De acordo com o escritório do JCG em Wakkanai, sacos de juta de arroz e lulas foram encontrados a bordo.

Os fatores por trás da tendência, incluem o fato de que os navios norte-coreanos parecem ter mudado de área operacional. No ano passado, navios norte-coreanos operando ilegalmente na área de Yamatotai – um rico local de pesca na península de Noto na ZEE do Japão – se tornaram um problema sério.

O incidente fez com que o JCG aumentasse sua vigilância, enviando barcos de patrulha para as águas ao redor da área desde maio, antes de a pesca entrar em alta velocidade.  Além disso, desde este verão, o rico local de pesca tem-se estendido até às águas a norte de Yamatotai, de acordo com a Agência das Pescas e outras entidades envolvidas. Desde agosto, um grande número de barcos de pesca está confirmado operando nas águas a oeste de Hokkaido, na ZEE do Japão.

A pesca ilegal pela Coréia do Norte tem como objetivo “ganhar moeda estrangeira por meio do contrabando”, disse Lee Young Hwa, especialista no país e professor da Universidade Kansai.

Após o início das sanções econômicas, as empresas comerciais e financeiras norte-coreanas vêm ganhando moedas estrangeiras, como o yuan. Mas ganhar moeda tornou-se difícil sob sanções prolongadas, o que está levando os norte-coreanos a ganhar ilegalmente moeda estrangeira exportando produtos marinhos para empresas privadas chinesas e outras entidades, de acordo com Lee. “Enquanto as sanções econômicas forem impostas, a Coréia do Norte será forçada a continuar confiando no contrabando e na pesca ilegal”, disse Lee.

Fonte: Yomiuri Shimbun

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here