Início Mundo Crime De acordo com testemunha, El Chapo subornava a Interpol

De acordo com testemunha, El Chapo subornava a Interpol

380
0
Jésus Zambada afirmou que o cartel pagava subornos para o comandante da Procuradoria-Geral da República, Interpool, entre outros órgãos. Foto: El Heraldo
O ex-funcionário e irmão do cofundador do cartel contou sobre subornos que pagava pessoalmente.

Nesta quinta-feira (15), Jésus “el Rey” Zambada (57), irmão do cofundador do cartel de empregado do cartel de Sinaloa entre 1987 e 2008, quando foi preso, testemunhou durante quatro horas em julgamento de El Chapo, que poderá durar quatro meses, sobre os subornos, o nascimento do cartel e a guerra contra os rivais em Tijuana.

Durante o testemunho, Jésus, que era responsável pelas atividades do cartel na cidade do México, afirmou que pagava pessoalmente subornos para o comandante da Procuradoria-Geral da República, para a polícia rodoviária federal, polícia judiciária federal, estadual e a Interpol.

Os subornos para funcionários do governo na Cidade do México eram cerca de 300.000 dólares por mês” disse, “el Rey”, que também assumiu ter pago 100 mil dólares para o general Gilberto Toledano, que cuidava de Guerrero.

“Eu ia importar cocaína da Colômbia pelo estado de Guerrero, falei sobre isso com El Chapo Guzmán Loera e com meu irmão Mayo, e o Chapo me disse ‘aí está o general Toledano, é meu amigo, vá vê-lo e dê a ele 100 mil dólares de minha parte”, contou.

O depoimento do ex-funcionário preso irá continuar na próxima segunda-feira.

Fonte: UOL

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2018/11/15/el-chapo-subornava-ate-a-interpol-afirma-testemunha-do-governo.htm.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here