Início Mundo Em crise de overdoses, os EUA aprovam opioide dez vezes mais forte...

Em crise de overdoses, os EUA aprovam opioide dez vezes mais forte que outros usados em hospitais

871
0
Liberado nos EUA o uso de opioide. Foto: Healthy diet
A aprovação aconteceu após ser rejeitado pelo FDA pelo temor que seu uso seria indiscriminado durante a crise de overdose que assola os EUA atualmente.

A agência responsável pela regulamentação de alimentos e medicamentos nos EUA (FDA), aprovou por 10 votos a três, um opioide potente, após ter sido rejeitado por pelo presidente do comitê. A rejeição inicial ocorreu porque o medicamento que causa euforia e anestesia poderia ser alvo de abuso.

O remédio aprovado chama-se Dsuvia, um comprimido que é usado de modo intravenoso desde 1980. O comprimido de sufentanil é dez vezes mais forte que o fentanil, que deveria ser de uso exclusivo hospitalar.

Scott Gottlieb informou por meio de um comunicado, que o medicamento será utilizado com um aplicador descartável e seu uso será apenas em hospitais, centros cirúrgicos, locais controlados e para soldados feridos em combates que não tem acesso a outros analgésicos. O opioide deverá começar a ser comercializado no ano que vem.

“Acredito que vamos encontrar desvio de uso, abuso e morte nos primeiros meses de disponibilidade da droga”, disse o presidente do comitê da FDA, Raeford Brown

A resistência inicial para aprovação do medicamento se deve a atual crise com os opióides. Em 2017, 72 mil americanos morreram por overdose, 50 mil foram pelo opioide, que causa dependência química, quando usado indiscriminadamente.

Nos Estados Unidos, os opioides tem o histórico de serem vendidos ilegalmente para usuários ou traficantes, por isso, foi informado que um programa de segurança e monitoramento será seguido após o início da comercialização.

Fonte: Folha de São Paulo

https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2018/11/estados-unidos-aprovam-opioide-superpotente-em-meio-a-crise-de-overdoses.shtml.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here