A sociedade caminha cada vez mais para o futuro, em especial a tecnologia. Quando pensamos em métodos futuristas para administras o controle populacional, nos vem a cabeça um microchip, implantado no nosso corpo guardando todos os nossos registros.

Bom, aparentemente este futuro não está muito longe, uma vez que o Japão aprovou uma lei que exige a implantação de microchip em animais de estimações, como estratégias para reduzir o abandono de pets, no país.




 

As regras do microchip para animais de estimação entrarão em vigor em três anos após a lei de proteção animal ser promulgada e revisada.

O Japão defende a implantação do Microchip com o argumento de que o número de agressões contra animais será diminuída, pois segundo a lei, os donos de pets, cujo o animal for encontrado ferido ou morto, serão presos por até cinco anos ou receberão multa de até ¥ 5 milhões (US $ 46.100).

A nova lei também proíbe a venda de cães e gatos até que eles tenham pelo menos 56 dias de idade, já que especialistas apontam que os animais separados da mãe no início de suas vidas tendem a morder mais e desenvolver outros problemas.

Fonte: KYODO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.