No Japão, empregos de meio período ou conhecidos no Brasil, como ‘’bico”, é chamado de Baito, que vem do termo alemão chamado Arbeit ou Arubaito アルバイト. 

Hoje vamos te mostrar os Baitos mais curiosos do Japão, que você nunca tinha ouvido falar




 

 NARABIYA – Substituto profissional de lugar na fila.

Enquanto houver filas, os Narabiyas estarão lá.

O melhor é que esse serviço é contratado à rodo. Esses freelancers aceitam ficar em filas, por longas esperas, por um custo que podem chegar à 15.000 por até 6 horas na fila. 

 

SUMMELIER – O sommelier de vinagre

Fazendo trocadilho com a palavra ‘’su’’ (vinagre em japones), o summelier é um oficio que distingue vários níveis e notas de acidez no vinagre. 

Mitsuyasu Uchibori é o mais famoso deles. A família de Uchibori produz vinagres há mais de 30 anos e por isso, seus paladares são treinados para esse tipo de freelancer.

 

BALOON WATCHER – Os observadores de balões

Esse é absolutamente o trabalho mais estranho que eu vi. 

O serviço consiste em, literalmente, ficar em pé assistindo o balão de anúncio ficar no lugar. O dever é avisar quando ele sair.
De acordo com o anúncio do balão, o valor pago era de 5.300 até 7.300 ienes por dia.

 

OSHIYA – Empurrador profissional

Como você ja deve ter visto em outros posts, o Japão possui uam das maiores superlotações de metrôs do mundo. E como já é de seu conhecimento, os japoneses detestam atrasos, então eles farão de tudo para pegar aquele trem que está vindo.

Por esse motivo as empresas ferroviárias contratam pessoas para empurrar as pessoas para dentro do trem, para que as portas fechem.

 

IKEMESO DANSHI – Homem bonito que chora

 Eu não consegui pesquisar sobre essa profissão, sem fazer uma sequência de “????????????”. 

Mas ao ler a respeito, descobri que não é lá tão estranho assim.
Quer dizer, o serviço consiste em homens que são contratados para consolar as clientes, enxugando suas lágrimas e as aconselhando.

O serviço foi fundado por Hiroki Terai, que fez do ‘’alívio das tensões’’ um negócio bem lucrativo.

O ‘’homem bonito que chora’’ pode ganhar até cerca de 8.000 ienes por dia.

 

Via: Japaoemfoco 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.