Bebê que estava desaparecido desde o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, no dia 25 de janeiro, teve o nome incluído na quinta-feira (28) na lista divulgada pela Polícia Civil de Minas Gerias entre corpos identificados da tragédia.

Com a confirmação da morte de Heitor Prates Máximo, 1 ano, a lista subiu para 182 o número de vítimas fatais devido ao rompimento da barragem na cidade mineira. E 126 pessoas ainda estão desaparecidas.

Heitor era filho de Robson Máximo Gonçalves e Paloma Prates da Cunha. O casal, a criança e Pamela Prates da Cunha, de 13 anos e irmã de Paloma, estavam em casa no momento em que a casa foi devastada pela lama. Apenas Paloma foi resgatada com vida.

Fonte: UOL

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2019/02/28/corpo-de-bebe-desaparecido-e-encontrado-pelos-bombeiros-em-brumadinho.htm.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.