Especialistas estão solicitando uma carga menor de tripulantes que deveriam permanecer a bordo do navio de cruzeiro em quarentena no Japão, para ajudar os passageiros. 

À medida em que o número de casos de COVID-19 aumenta dentro do Diamond Princess, os membros da tripulação sofrem cada vez mais riscos de contaminação e burnout mental enquanto cumprem suas responsabilidades no trabalho. 

“Os encargos da tripulação são imensos. Eles estão sob duplo estresse devido ao senso de missão e à ansiedade de que possam ter sido infectados”, disse Sho Takahashi, professor associado da Faculdade de Medicina da Universidade de Tsukuba. 

O especialista também previu que os passageiros fiquem cada vez mais incomodados e possam destilar suas frustrações sob os profissionais. Takahashi disse que “os funcionários a bordo do navio devem ser protegidos”.  

Alguns passageiros concordam que os médicos deveriam ser removidos, a fim de evitar ainda mais contaminação. 

Leia também:  Dois terremotos atingem o Japão quase ao mesmo tempo 

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here