Esposa de Carlos Ghosn, Carole Nahas, enviou uma carta a Human Rights Watch – HRW, com sede em Nova Iorque, nos Estados Unidos em 28 do mês passado. Essa ONG defende e faz pesquisas sobre direitos humanos.

A carta tem 19 páginas onde ela critica o sistema do judiciário do Japão. “O período de detenção antes mesmo da condenação é longo no Japão, se comparado aos regimes dos países desenvolvidos”, aponta.

Criticou a “forma cruel e desumana rotineira do suspeito”. Solicitou à HRW que interceda junto ao governo japonês “a reforma do rígido sistema de detenção e interrogatório antes do julgamento”.

Fonte: Portal Mie

http://www.portalmie.com/atualidade/mundo/noticias-do-mundo/2019/01/esposa-de-ghosn-se-manifesta-sobre-detencao-do-marido-refem-da-justica/.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.