Uma pesquisa do governo entrevistou 375 estudantes estrangeiros e trabalhadores, e foram identificados que 90% dos entrevistaram alegaram que precisam de mais apoio público em suas condições de vida, com assistência para encontrar moradia, informou o Ministério de Assuntos Internos.

A pesquisa destacou há pressão para melhorar o ambiente de vida para os residentes estrangeiros, que aumentou devido ao lançamento de um sistema de vistos para enfrentar a escassez crônica de mão-de-obra em abril.




 

Questionados sobre as necessidades específicas em uma questão de múltipla escolha, 63,7% solicitaram mais residências para estrangeiros e informações sobre eles, e 44% procuraram mais hospitais com serviços em inglês ou em sua língua materna e informações sobre eles.

Na pesquisa, 43,7 disseram que gostariam que os sistemas de pensão do Japão e seus países de origem estivessem conectados, enquanto 33% solicitam a promoção de serviços administrativos multilíngues.

Por outro lado, 82,9% dos entrevistados disseram estar “muito satisfeitos” ou “um pouco satisfeitos” com suas condições de vida, citando a segurança pública e a cobertura substancial dos sistemas de seguro de saúde, entre outras razões.

Em uma pesquisa separada do ministério sobre empresas que contratam trabalhadores estrangeiros, 38 das 55 empresas, disseram que o apoio público é necessário, com muitos pedindo serviços administrativos multilíngues.

Com base no resultado da pesquisa, o ministério sublinhou a importância de os governos locais responderem diretamente às necessidades dos residentes estrangeiros e convocou os escritórios relevantes do governo central para divulgar informações sobre as melhores práticas.

Fonte: KYODO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.