Início Brasil Ex-chefe do programa Mais Médicos afirma que será difícil repor 10 mil...

Ex-chefe do programa Mais Médicos afirma que será difícil repor 10 mil profissionais

275
0
Jair Bolsonaro terá pela frente o desafio de preencher as vagas deixadas pelo médicos cubanos. Foto: Cariri

O professor de medicina da Universidade Federal da Paraíba, Felipe Proenço de Oliveira, coordenou o programa entre 2013 e 2016. Ele afirma que “olhando todos os editais, não vejo como seja viável preencher 10 mil vagas com brasileiros”, entre as vagas 2 mil já estavam abertas e 8 mil eram destinadas aos cubanos.

O ex-coordenador diz que as condições oferecidas pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), “são condicionalidades que não são exigidas em nenhum outro país”.

Os 8 mil médicos cubanos trabalham com saúde da família que cobrem 28 milhões de pessoas. A estimativa é que cerca de 370 cidades fiquem sem atendimento básico.

Foto: UOL

https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/11/sera-dificil-repor-10-mil-vagas-diz-ex-chefe-do-mais-medicos.shtml.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here