Executivo da Itochu foi preso em fevereiro do ano passado pelas autoridades da Agência Nacional de Segurança de Guangzhou ou Cantão. Há suspeita de espionagem e o caso foi encaminhado à promotoria.

Secretário-Chefe de Gabinete, Yoshihide Suga, foi informado pelo Consulado da China e está dando o apoio necessário.

O funcionário da Itochu foi preso assim que entrou na China. Ele estava trabalhando em Tóquio e teria ido viajar de férias.

Fonte: Portal Mie

http://www.portalmie.com/atualidade/mundo/asia/2019/02/executivo-japones-preso-ha-1-ano-como-espiao-na-china/.19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.