212 visualizações 3 min 0 Comentário

Festival de Cinema Japonês Online, Uma Oportunidade para Filmes Japoneses Recentes

- 21 de junho de 2024

Festival de Cinema Japonês Online: Uma Oportunidade Plataforma Essencial para Filmes Contemporâneos.

TÓQUIO (AP) – Filmes japoneses recentes, mesmo premiados internacionalmente, muitas vezes enfrentam dificuldades para serem exibidos fora do Japão. Plataformas de streaming e distribuidores internacionais de Blu-ray frequentemente ignoram esses filmes, preferindo clássicos dos anos 70 e 80.

Festival de Cinema Japonês Online

O Festival de Cinema Japonês Online da Fundação Japonesa oferece uma plataforma essencial para esses filmes. A terceira edição do festival, que começou em 5 de junho e vai até 3 de julho, apresenta uma programação diversificada, incluindo sucessos comerciais e clássicos restaurados, como “Twenty-Four Eyes” (1954) de Keisuke Kinoshita e “Kimba the White Lion” (1966) de Eiichi Yamamoto.

Acesso Global

Espectadores de 27 países e regiões poderão assistir aos filmes, exceto no Japão. O festival é dividido em duas sessões: a primeira, de 5 a 19 de junho, com 23 filmes, incluindo quatro curtas de terror; e a segunda, de 19 de junho a 3 de julho, com 25 filmes e duas séries dramáticas de TV. No entanto, espectadores no Egito, França e Peru só terão acesso à primeira sessão. Todas as exibições são gratuitas, exigindo apenas inscrição, e os filmes são legendados em 15 idiomas diferentes.

Destaques da Programação

  • “We Made a Beautiful Bouquet” (2021): Um drama romântico de Nobuhiro Doi sobre um casal que se conhece em uma estação de trem em Tóquio e embarca em um romance de cinco anos. Baseado no roteiro de Yuji Sakamoto, premiado em Cannes por “Monster” (2023) de Hirokazu Kore-eda, o filme retrata realisticamente as mudanças nos relacionamentos aos vinte anos.
  • “Baby Assassins” (2021): Uma comédia de ação de Yugo Sakamoto sobre duas adolescentes assassinas que tentam se integrar à sociedade. As cenas de ação são intensas, com destaque para a performance de Saori Izawa, uma artista marcial habilidosa.
  • “The Handsome Suit” (2008): Uma comédia de Tsutomu Hanabusa sobre um chef plus size que se transforma em um belo alter ego ao usar um terno mágico. O filme é repleto de humor e dilemas sobre identidade e autoaceitação.
  • “My Broken Mariko” (2022): Um drama de Yuki Tanada estrelado por Mei Nagano, que interpreta uma mulher lidando com o suicídio de uma amiga de infância. O filme explora temas de culpa, redenção e a busca por respostas.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.