Segundo a polícia da cidade de Yao, na província de Osaka, um homem de 24 anos e sua mãe de 57, foram encontrados mortos em seu apartamento. As autoridades disseram que eles pareciam estar mortos há cerca de um mês. 

De acordo com a polícia, a mulher que se chama Kayoko Koga e seu filho Mikio Morita, foram encontrados por um profissional de enfermagem por volta de 11h da manhã de sábado. Sua luz, água e gás estavam cortados e havia pouco dinheiro com eles. 

O polícia disse que irá realizar uma autópsia para saber se a causa das mortes foram por fome ou doença. Não haviam ferimentos nos corpos. Mikio estava deitado em futom e sua mãe em uma cama. A porta do apartamento também estava destrancada e havia quase nenhuma comida na geladeira. 

A senhora de 57 anos estava recebendo assistência social e morava sozinha. 

Ela coletou o benefício de bem-estar pela última vez no mês de dezembro. A polícia disse que ela possuía uma doença crônica que exigia cuidados de enfermagem. 

Embora os dois corpos tenham sido encontrados um mês após a morte, o corpo de Koga teria se decomposto por mais tempo. O funcionário do serviço de enfermagem visitou o apartamento pela última vez em meados de fevereiro, mas não houve resposta de Koga na época. 

Leia também: Surto do vírus criou uma demanda maior de filmes sobre doenças  

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here