Cerca de 6.000 habitantes de Ichikikushikino da província de Kagoshima, receberam uma ordem de evacuação e outros 960.000 habitantes de Miyazaki, Kumamoto e Ehime também receberam uma recomendação de evacuar dado os alertas das agências de meteorologia a respeito de deslizamentos de terra e enchentes.




 

As agências registraram um volume de chuva de 241,5mm em Kirishima e 233mm em Hioki, ambas localizadas em Kagoshima, e ambas batendo recorde de volume de água.

Uma mulher de 70 anos foi resgata depois de ser soterrada pela lama em sua própria casa em Honjo, Kagoshima. Por conta desses deslizamentos de terra, a rota 3 foi fechada.

A estações entre Kumamoto e Kagoshima-Chuo do Kyushu Shinkansen tiveram suas operações temporariamente suspensas.

A previsão é de que algumas áreas do leste e oeste do Japão devam sofrer com tempestades até quarta-feira. Isso tudo se dá ao ar quente e úmido sugado pelos sistema de baixa pressão o que pode levar a longos períodos de chuva e fortes rajadas de vento.

A previsão é que até a manhã de terça o volume de chuva atingirá 200 mm no sul de Kyushu, 100 mm na região norte de Kyushu, Shikoku e Kinki. E também 80 mm nas demais regiões de Kinki.

FONTE: Japan Times

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.