Yang Hyun-suk, fundador da sul-coreana YG Entertainment, que agencia grandes nomes do K-pop, renunciou ao cargo de produtor-chefe na esteira de escândalos de drogas e sexo envolvendo seus artistas.




 

Subsequentemente, surgiram alegações sobre uma rede de popstars, empresários e policiais que conspiraram e possibilitaram sonegação fiscal, suborno e prostituição, expondo o lado obscuro da indústria glamourosa.

Yang disse que está saindo para evitar mais danos das acusações aos artistas da empresa. Estas envolvem mediação de prostituição, sonegação fiscal e acobertamento de um escândalo de drogas, todos os quais ele negou.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.