Início Japão Crime Ghosn novamente de trás das grades

Ghosn novamente de trás das grades

284
0
US$ 5 milhões foram enviados por uma subsidiária da Nissan para uma distribuidora de veículos em Omã, companhia controlada por Ghosn. Foto: G1

Tribunal do Japão aprovou na sexta-feira (5) o pedido de prisão preventiva do ex-presidente da Nissan, da Mitsubishi e da Renault Carlos Ghosn até 14 de abril.

O executivo passou 108 dias na prisão e foi libertado em 6 de março, mediante pagamento de fiança de 1 bilhão de ienes, mas acabou detido novamente na quinta-feira (4), após acusação de má conduta financeira.

Segundo a nova denúncia, US$ 5 milhões foram enviados por uma subsidiária da Nissan para uma distribuidora de veículos em Omã, companhia controlada por Ghosn.

A Corte Distrital de Tóquio aprovou o pedido do Ministério Público para colocar o executivo em prisão preventiva por 10 dias, período que pode ser prorrogado por mais 10 antes da formalização da denúncia.

Fonte: UOL

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/ansa/2019/04/05/tribunal-aprova-prisao-de-ghosn-ate-14-de-abril.htm.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here