Essa é a primeira produção conjunta de duas grandes instituições, a Sala Tokyo Bunka Kaikan em Ueno e o Novo Teatro Nacional, Tóquio, Hatsudai. A temporada da ópera começa no dia 12 de julho e vai ser apresentada em ambas as salas e também em Otsu e Sapporo em agosto.




 

Além de um talentoso elenco, a produção também conta com o diretor internacionalmente aclamado Alex Olle.

Essa é a primeira parte de um projeto de dois anos que o Japão vem se esforçando para promover cultura antes dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tokyo. O regente Kazushi Ono espera que a produção da Ópera de Puccini, Turandot, impressione o mundo.

Conheça a ópera

“Turandot”, ambientado na antiga Pequim, conta a história do personagem-título que é uma princesa imperial insensível e bela. Ela declara que vai se casar com o homem que pode resolver três enigmas. Enquanto seus pretendentes são decapitados um após o outro por falhar na tarefa, Calaf, um príncipe de um país derrotado pelo império, começa sua tentativa no desafio.

Apresentações de “Turandot” acontecerão no Tokyo Bunka Kaikan, na Taito Ward, Tóquio, de 12 a 14 de julho; no New National Theatre, Tóquio, na Shibuya Ward, Tóquio, em 18 de julho, 20-22; no Biwako Hall, em Otsu, de 27 a 28 de julho; e no Teatro Cultural de Artes de Sapporo, Hitaru, de 3 a 4 de agosto. Se você estiver pelo Japão nessa época e se interessou, acesse o opera-festival.com para mais informações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.