Um homem de 56 anos foi preso na segunda-feira (15) por deixar facas em sua mesa, na sala de aula do príncipe Hisahito, em Tóquio, e fez comentários críticos sobre o sistema imperial japonês. 

Após os processos investigativos, Kaoru Hasengawa, admitiu na quinta-feira, ter levado as facas após supostamente invadir as dependências da Ochanomizu University Junior High School, onde o príncipe sucessor do trono do crisântemo, de 12 anos, estuda.   




 

Investigações revelaram que Hasengawa estava hospedado em hotel em Tóquio, durante vários dias antes do incidente e comprou as facas nesse período.  

Duas facas também foram encontradas à mesa na última sexta-feira. As câmeras de segurança captaram um homem de capacete entrando na escola no início do dia. O príncipe e seus colegas estavam fora da sala de aula no momento.  

Os incidentes começaram a ocorrer quando o Japão se preparava para celebrar a ascensão do imperador Narushito. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.