[faceturbo][/faceturbo]
A polícia de 
Takatsuki, localizada na província de Osaka, prendeu um homem de nome não divulgado, de 24 anos pela suspeita de causar um incêndio criminoso ao atear fogo em cortinas de bambu pertencentes à uma residência particular. 

De acordo com a polícia, o incidente ocorreu no dia 22 de outubro por volta das 18h00. Ao ser questionado pela polícia, o suspeito admitiu a acusação. Ainda de acordo com a polícia, o homem disse: “Fiz isso porque estava sofrendo estresse com relacionamentos relacionados ao trabalho”. 




 

O suspeito de nome não divulgado, é acusado de atear fogo com um isqueiro nas persianas de bambu de um apartamento particular localizado no primeiro andar.  

A casa em questão pertence a uma funcionária da empresa e 56 anos que disse não conhecer o suspeito. O fogo foi rapidamente contido pelo pai adotivo do proprietário, um senhor de 78 anos, ao descobrir que as cortinas estavam pegando fogo, ele apagou as chamas utilizando água da banheira. 

Graças às câmeras de segurança foi possível identificar o suspeito. Além deste incêndio, a polícia também informou que houveram outros três incêndios suspeito na mesma região, onde cortinas de bambu e unidades externas de casas foram incendiadas. A polícia agora está averiguando com o suspeito se ele também está envolvido nesses outros casos de incêndio. 

Leia também: Devido ao incêndio criminoso, Japão irá criar regras para quem

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here