Início Destaques Japão Índia quer intensificar parcerias com o Japão

Índia quer intensificar parcerias com o Japão

311
0
Com o Japão, Verma pretende ajudar a construir pontes para fazer negócios. "Precisamos fazer muito juntos", disse Verma. Foto: NDTV

O novo embaixador da Índia no Japão acredita que os dois países podem se complementar em termos de talento e tecnologia, e que a cooperação pode levar a novas inovações.

Verma, que começou o mandato em 17 de janeiro, vê como sua missão “aumentar o engajamento” entre a Índia e o Japão “em todos os setores e campos”.

Quando o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, visitou Tóquio em outubro passado, os dois governos concordaram em cooperar em uma série de objetivos, desde a segurança regional até a promoção de indústrias digitais. Verma está procurando levar essa visão adiante.

Democracia, tecnologia, startups – “todos esses campos estão abertos para a liderança global e precisamos colaborar uns com os outros”, disse ele. “A economia digital está agora se tornando sinônimo (com) da Índia e do Japão”.

A combinação da escassez de mão-de-obra no Japão e da jovem força de trabalho da Índia fazem dos países um “bom jogo”, disse Verma, observando que mais de 60% dos 1,3 bilhão de pessoas do seu país têm 35 anos ou menos. Isso apresenta uma “enorme complementaridade”, ele disse.

“A Índia vem enviando engenheiros (para o Japão), dependendo da demanda das empresas japonesas e do mercado japonês. A única dificuldade até agora enfrentada é a língua japonesa”, disse ele.

Quando se trata de segurança, Verma enfatizou a necessidade de garantir que o “estado de direito” prevalece na região do Indo-Pacífico.

Questionado sobre a ascensão da China, ele evitou destacar Pequim, mas disse que quando qualquer país tenta “se comportar de maneira unipolar, é nessa hora que todos os outros países precisam se reunir e dizer a eles: ‘Isso não está certo'”.

Verma, de 53 anos, trabalhou em consulados gerais e embaixadas em todo o mundo, incluindo Hong Kong, Vietnã, Turquia e Itália. Ele também foi embaixador no Sudão. Antes de sua nomeação para o Japão, ele era responsável pela administração e diplomacia cibernética no Ministério das Relações Exteriores da Índia. Seus interesses incluem tecnologia da informação e inteligência artificial, além de facilitar pequenos negócios e investimentos.

Com o Japão, Verma pretende ajudar a construir pontes para fazer negócios. “Precisamos fazer muito juntos”, disse ele.

Fonte: Japan Times

https://www.japantimes.co.jp/news/2019/03/21/national/politics-diplomacy/indias-new-ambassador-japan-sees-strong-potential-technology-cooperation/#.XJOjEChKjIU.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here