O Japão está desenvolvendo um sistema com o objetivo de rastrear viajantes do exterior como parte dos esforços para evitar a disseminação do novo coronavírus dentro de suas fronteiras, disse um alto funcionário do governo no domingo.

Takuya Hirai, ministro da transformação digital, disse em um programa de TV que gostaria de torná-lo obrigatório para pessoas que entram no país.

Hirai disse que o governo quer concluir o desenvolvimento do sistema de monitoramento a tempo para as Olimpíadas e Paraolímpicas de Tóquio, que serão realizadas no próximo verão.

Sem dar detalhes, ele disse que funcionará com GPS.

Seus comentários sobre o programa de notícias “The Prime” da Fuji TV vieram um dia depois que o Japão disse que proibirá a entrada de cidadãos estrangeiros não residentes no país, que tem visto um número diário recorde de casos de coronavírus nas últimas semanas.

A medida, que entrará em vigor de segunda a janeiro, foi anunciada após a detecção de uma nova e aparentemente mais contagiosa variante do vírus no Japão.

Entre outras medidas para estreitar suas fronteiras, o Japão exigirá que os cidadãos e residentes estrangeiros fiquem em quarentena por duas semanas, apresentem prova de resultado negativo do teste do coronavírus 72 horas antes da partida para o país e sejam submetidos a outro teste na chegada.

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão Osaka
Harumi Matsunaga

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here