Segundo fontes, nesta segunda-feira o governo japonês criou uma nova lei que tem como objetivo, atrair mais turistas estrangeiros para os museus e outras instalações de história cultural para o país. 

Segundo essa nova lei, o governo deverá fornecer subsídios afim de melhorar o acesso a essas novas instalações, fazendo com que assim, o número de turistas que visitam áreas rurais, além de grandes cidades como Tokyo, Osaka e Kyoto, aumentem e promovam a cultura japonesa.  

Além disso, o apoio financeiro será fornecido para que as instalações melhorem o acesso à internet, ofereçam maiores serviços multilíngues e aceitem pagamentos em outros métodos para a compra dos ingressos.  

O projeto de lei deve ser apresentado em breve, para que ela entre em vigor até janeiro do proximo ano.  

Já no início do ano fiscal de 2020, que comerá em abril, as autoridades devem selecionar cerca de 25 locais em todo o país, onde a Agência de Assuntos Culturais planeja reservar cerca de 2 bilhões de ienes para esse investimento.  

O número de visitantes de museus, zoológicos, aquários e jardins botânicos no Japão atingiu um recorde de mais de 140 milhões no ano fiscal de 2017, aparentemente refletindo sua popularidade entre turistas estrangeiros, de acordo com dados do Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia. 

Leia também: A partir de 2021, freios automáticos deverão ser obrigatórios no Japão

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here