Nesta terça-feira (9), o Ministério do Turismo informou que deve fornecer um desconto de ¥ 3 milhões (aproximadamente R$ 105 mil) para os turistas que decidirem permanecer nas áreas do noroeste do Japão, atingido pelo terremoto de magnitude 6,7 no mês passado, para apoiar a economia local.  




 

Aqueles que se hospedarem em hotéis e pousadas ‘’ryokan’’, na cidade de Yamagata e Niigata, terão direito a quase ¥ 3000 de desconto. 

A Agência de turismo do Japão já forneceu ¥ 53 milhões para o apoio das indústrias locais e o desconto será oferecido até que o orçamento acabe. 

“A procura por excursões diminuiu drasticamente antes das férias de verão. É necessário erradicar os danos da sua reputação”, afirmou o ministro do turismo, Kiichi Ishii, sobre o desastre. 

O terremoto de 18 de junho causou deslizamentos e quedas de energia e deixou dezenas de pessoas feridas.

As empresas aéreas e ferroviárias já aderiram ao desconto especial para apoiar a região afetada.

O governo também implementou medidas similares de assistência para as indústrias locais depois que os terremotos causaram danos devastadores a Hokkaido, em setembro do ano passado. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.