A legalização da maconha se tornou um tema constante na campanha eleitoral de 9 de abril em Israel, que até então era dominada pelo conflito com os palestinos, pela economia e pela corrupção.

Esperava-se uma campanha marcada pelas questões de segurança e pela corrupção, já que o primeiro-ministro do país, Benjamin Netanyahu, deve ser denunciado por três casos diferentes pela Procuradoria-Geral.

Mas, no entanto, a legalização da maconha tornou-se um dos temas mais discutidos e pode influenciar de forma significativa a divisão de votos no país.

O principal responsável para que o tema fosse pauta eleitoral é o Moshe Feiglin, líder do partido de extrema direita Zehut, ele tem a legalização como principal bandeira.

O inesperado crescimento do Zehut nas pesquisas levou diferentes candidatos a se expressarem publicamente sobre o consumo de maconha para tentar atrair os eleitores que priorizam a legalização.

Fonte: UOL

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2019/04/02/liberacao-da-maconha-ganha-inesperado-protagonismo-nas-eleicoes-de-israel.htm.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.